terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Adaptação Escolar: quem disse que seria fácil?

E ontem foi o primeiro dia dos passarinhos na escola. Já conversei sobre o assunto AQUI e AQUI.

Hoje venho falar desse momento que foi frustrante para mim e para eles.

Primeiro quero deixar claro que NÃO consegui tirar fotos como pretendia, volto a dizer, infelizmente nosso primeiro dia de adaptação não foi legal.

Li muito sobre o assunto, conversei bastante com a minha irmã e minha comadre, ambas educadoras. Estou certa de que será melhor para eles e também para mim, além do que preciso ir retornando aos poucos ao meu ritmo de trabalho, mesmo sabendo que nunca mais terei o mesmo movimento que tinha antes de eles nascerem.

Chegamos e eles não ficaram ariscos, entraram na sala, conversaram com a professora, beijaram ela e aos poucos foram brincar com as crianças que estavam pela sala.

MUITO choro, de outras crianças que haviam chegado antes de nós.

Bernardo se aproximou de um amigo chorando e conversou com o amigo, na linguagem dele, e passou a mão no cabelo do amigo.

Então disse a eles que eu sairia um pouco para eles brincarem e que um pouco mais tarde iria buscá-los.

Já havia me decidido anteriormente que levaria eles somente por 2 horas neste primeiro dia.

Sai e eles começaram a chorar, olhei e disse que eles não precisavam chorar. A professora veio próximo deles e começou a conversar com eles.

Saí.

Fiquei no corredor esperando para saber qual seria a reação deles.

E agora imaginem dois bebês BERRANDO, feito loucos na porta, e chamando Mamãe, mamãe, mamãe...

Primeira observação: eu jamais poderia ser professora de Educação Infantil.

Segunda observação: impossível não começar a chorar também.

CHOREI, CHOREI, CHOREI....

A diretora veio me acalmar, me pediu para dar uma saída e não ficar escutando, e me disse que se eles não parassem de chorar ela me ligaria.

Fui para casa, chorei muito no caminho e passou mil vezes pela minha cabeça que eu queria desistir de fazer isso comigo e com eles, pronto falei!

Chegando em casa Papai Passarinho me acalmou, foi até lá, e assim como eu constatou que os dois choravam muito, conversou com a diretora que pediu que fôssemos buscá-los logo pois o Benjamin já havia vomitado 1 vez.

AH? COMO ASSIM?

Papai Passarinho me disse isso e minutos depois eu estava lá.

Ao entrar na sala percebi que a professora estava assustada, também pudera, Benjamin passou mal, vomitou 2 vezes e não desgrudava nenhum minuto da perna dela, agora imaginem a cena, 1 professora, muitos alunos e meus filhos grudados 1 em cada perna dela.

Quando chegamos eles choraram MUITO, ao nos ver, nos abraçaram, soluçavam e tudo o que ela me disse foi: mãe se prepara porque a adaptação deles não será fácil.

Ela não precisava me dizer isso, percebi, pelos berros, pelo vômito, pela reação ao me verem.

Desisti de desistir, pelo menos por agora, ao constatar que se não seguir em frente hoje eles não irão se adaptar NUNCA a escola, e a escola não é um espaço ruim, mas um espaço de aprendizado.

Toda criança passa por esse momento de quebra e nós passaremos por isso juntos.

Hoje vamos para nosso segundo dia, agora estou com um novo plano de ação, espero que dê certo.

Nada como um dia depois do outro, ontem sai abalada, hoje estou forte novamente, e pronta para recomeçar.

Que venha o segundo dia...

10 comentários:

  1. Poxa, que difícil! Imagino o seu desespero! Parabéns pela atitude de não desistir! Muitas mães dariam para trás na hora diante de tudo que você passou! Vou ficar aqui torcendo pelo post em que você vai contar que eles aprenderam a amar a escola!
    Bjo
    Rosa
    http://www.lepaquet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Carol, chorei demais lendo o post..... me imaginando no seu lugar. logo estarei nesta fase.... por isso, estou lendo tudo que encontro tbm. Mas ao contrário de vc, eu teria arrancado a Lara e ido pra casa. Que bom que vc não fez isso, assim hoje, vai contar o segundo dia pra nós. Bjus Andrea e Lara coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Carol não é facil mesmo!
    Lavinia foi a mesma coisa, e pior mesmo depois que voltou das férias de Janeiro....
    Chorou muito, vomitou, fez xixi na roupa... foi um horror!
    No terceiro dia entrou tranquila e eu custei a acreditar (muito feliz é claro)

    Mas passa...
    Boa sorteeeeee

    beijos beijos

    ResponderExcluir
  4. Amiga, é difícil mesmo...aqui quando voltei a trabalhar e deixei o Pititico com meus pais eu chorei horrores. Como foi difícil! E pra ele também. Morri de dó, quis chutar o balde mas no outro dia tava forte também.

    Imagino como deve tá seu coração, mas é bom saber que tá forte para o segundo dia. Vai dar certo, escola é bom, será bom pra vocês.

    Tô torcendo aqui viu?

    Beijo, adoro!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Carol! Imagino o que você está passando, mas se é isso que você se propôs a fazer não desista mesmo não. Passe tranquilidade e confiança pra eles que aos poucos vocês vão se adaptando, acho que eles sente muito quando a gente também está nervosa. Tenho certeza que os próximos dias serão melhores, é só mais uma fase que vocês têm que passar. Aqui não imagino e nem penso em como vai ser esse dia, talvez isso até seja ruim, mas ainda temos tempo, minha ideia é colocar as meninas na escolinha só com três anos, não sei se vai ser mais difícil ou mais fácil, mas imagino que vai ser todo um processo pra mim e pra elas.

    Boa sorte!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Aqui tbm passamos pela adaptação no mês passado, e acho que o que ajudou o meu filho (1a8m) foi eu ficar com ele na escola nos primeiros dias... Cada dia eu ia me afastando, mais e mais... Tenho certeza de que, se fosse como na escola dos seus filhos (eu já sair no primeiro dia), teria sido o maior chororô! É a minha dica... :) Boa sorte! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ai, ja penso no dia do liam ir...toda adaptação é tensa!!!

    ResponderExcluir
  8. Puxa vida Carolzita, quase chorei de alegria qdo vi q agora posso te seguir por aki rsrsr... vc sempre foi muito especial, e qdo parou de postar fiquei doida pra saber notícias dos fiotinhos kkkk... vou ler esse blog inteirinho pra saber de tudo kkk, bjsss amore, e obrigada por não sumir!!!!

    ResponderExcluir
  9. Ah amiga, tb chorei lendo o seu post.
    É mt difícil eu tb correria pra tirá-los de lá, q dó,
    bjss
    http://cphilene.wordpress.com

    ResponderExcluir

Voou pelo nosso ninho, que bom, agora deixe um recado que ficaremos felizes com sua participação.