quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Uma semana conturbada por aqui ou Muitas coisas ao quadrado

Ufa, calculem uma semana agitada, conturbada e de muita gripe, bronquite e inicio de pneumonia.

Calculou...

Multiplica por 2!

Exatamente assim, uma casa de gêmeos sofre com tudo isso em dose dupla.

Ainda bem que o coração da Mamãe é forte.

Vamos la...

Hoje quero falar de coisas boas, aproveitando que eles dormem sem tossir, então é bom ser rápida.

Coisa 1

Esta semana estamos no site Minha Mãe que Disse! Imaginem a minha felicidade, no meio deste turbilhão receber um e-mail me avisando que estamos indicados como Blog da Semana.

CHOREI!

Aproveitei que estava precisando chorar e desabafar e chorei, muito (brincadeira), chorei de felicidade mesmo. Puxa, foi semana passada que mandei o cadastro e jã estamos sendo indicados. Fofura!

A Mamãe passarinha chora e os passarinhos comemoram, juntos agradecemos, OBRIGADA!

Quem não conhece o site, aproveita e vai lá...


Coisa 2

Atrasada gostaria hoje de falar sobre Maria Montessori. Faço parte de um grupo de Mães Montessorianas, que acreditam e praticam esta filosofia com os passarinhos.

Semana passada foi a comemoração da Semana Montessori, além de ter sido a data de aniversário desta mulher incrível, com direito a um Doodle na página do Google em homenagem a ela.

A pedagogia montessoriana propõe que a criança deve ter espaço para criar sua própria independência, através de um método que prima pelo sensorial.

Possui qualidades muito positivas se comparada às escolas tradicionais. Há um respeito pela criança e um encorajamento de sua autonomia, liberdade e natural interesse em aprender, levando-a a cultivar uma atitude de aprendizado ativo, e não passivo, como faz a maioria das escolas. Nas escolas montessorianas três características são bastante visíveis: 1) O ambiente é agradável, harmônico, organizado e o mobiliário é adequado e proporcional ao tamanho das crianças. 2) O professor é, na verdade, um guia, que acompanha o trabalho de cada criança individualmente. Além disso, é preciso que seja muito calmo, aberto a compreender as motivações e atitudes da criança e as suas próprias. 3) O material pedagógico é bastante atraente e, para as crianças mais novas, tudo é ensinado de forma bastante concreta. Este material possibilita à criança aperfeiçoar sua coordenação motora e desenvolver uma maior concentração da atenção. (Trecho retirado do site: http://www.educacaodecriancas.com.br)

Tenho lido e buscado conhecer mais sobre esta pedagogia, portanto possivelmente ainda falarei muito sobre o assunto por aqui.

Por hora quero registrar a semana que passou e fazer a minha homenagem a esta mulher que como médica que foi, teve a oportunidade de pesquisar uma forma de estimular a criança a partir do universo do palpável.

Me vou que nosso ninho está de pernas para o ar e ainda preciso organizar a vida aqui.

Piu!

4 comentários:

  1. Puxa, é mesmo hein! Tudo em dose dupla. Melhora para os passarinhos...

    Quanto ao blog da semana, claro que eu vi. Parabéns!

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  2. Caroline, estou retribuindo sua visita e já adorei, então, já segui! Também somos do mesmo grupo Montessori, também demorei para cortar o cabelo do filho, enfim, várias coisas em comum. Obrigada pelo seu comentário no blog, adorei a história do copinho. muito boa. Beijos, http://amigosdefraldas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Carol, que coisa!!! A cada tosse dos meninos doí na alma né? Aqui é assim, e olha que é só um bebezito!

    Adorei conhecer seu blog e seus meninos!!

    Vamos estar sempre aqui!!!

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, tudo bem?
    Também faço parte do Blogueiras Unidas e entrei para conhecer seu cantinho. Gostei muito de tudo que vi. Parabéns o blog está lindo. Já estou seguindo. Depois passa lá no meu cantinho também, será um prazer, ótima semana pra vc, bjs
    Claudiana
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com

    ResponderExcluir

Voou pelo nosso ninho, que bom, agora deixe um recado que ficaremos felizes com sua participação.